28/06
2017

O melhor vestido de noiva para cada corpo

Compartilhe:

Quantas vezes você ouviu falar nos tipos de corpos femininos e ficou em dúvida em relação ao seu? Se essa questão ainda te acompanha, com certeza ela voltará a ser o centro das suas preocupações na hora de escolher o vestido de noiva. Isso porque conhecer bem o próprio perfil facilita muito na escolha daquele vestido bapho, aquele modelo perfeito que vai te transformarnuma deusa!!!O ideal é sempre optar por um vestido confortável e te faça sentir maravilhosa, por essa razão, escolher um modelo que combine com o seu corpo irá ajudar bastante.

 

O primeiro passo é você reconhecer qual o seu tipo de corpo: oito/ampulheta, retângulo, oval, triângulo invertido e triângulopera. Oito ou ampulheta é quando os quadris e os ombros têm o mesmo tamanho e a cintura é mais definida. Nesse caso, aposte em modelos de corte reto, estilo sereia ou saia em A, com cintura alta – para marcar mais.

 

Retângulo é quando as mulheres têm os ombros, a cintura e o quadril com quase a mesma medida, sendo a cintura pouco ou nada definida. Assim sendo, os modelos estilo princesa, acinturados, com saia rodada ou evasê são os mais indicados, pois eles vão ajudar a deixar o corpo alongado.O formato oval é quando a barriga se destaca das outras partes do corpo, sendo a cintura bem maior que os ombros e o quadril. Para esse tipo, o ideal é o modelo com saia evasê e em A, com decote em V, para disfarçar o volume do abdômen. Também é interessante usar modelos que valorizem o colo e os braços da noivinha.

 

No tipo triângulo invertido, os ombros e as costas são maiores, já o quadril é mais estreito e a cintura, pouco ou nada definida. Nesse caso, invista em modelos que destaquem a parte inferior do corpo, como vestidos com saia em A rodada, cheia de camadas, ou estilo princesa. Por fim, o tipo triângulo ou pera, que é quando o quadril tem uma medida bem maior que os ombros, com a cintura definida, e, geralmente, as coxas são grossas e os seios, pequenos. Aqui, você deve abusar de modelos que valorizem a parte superior do corpo, tomara que caia com saias mais leves, soltas e muitos detalhes.

 

Com base nessas informações, selecione os modelos favoritos e prove cada um deles, sem pressa, prestando bastante atenção aos detalhes. Leve alguém com você e peça para tirar fotos, pois muitas vezes no provador não notamos aspectos que depois percebemos serem importantíssimos. Olhando a própria imagem no celular ficará mais fácil você avaliar o caimento e se, de fato, o modelo favorece o seu corpo. Se ficar em dúvida, não hesite: continua a busca até achar o vestido ideal!

 

0 Comentários

Os comentários estão fechados.